• Corregedoria abre consulta pública para elaboração do seu planejamento estratégico 2021-2026

  • Doações de servidores e magistrados do TJTO para o Hospital do Amor do Tocantins já passam de R$...

  • Alunos da Escola Municipal Almirante Tamandaré recebem Cartilha da Justiça e aprendem sobre seus...

  • “Objetivo é formar cidadãos de bem”, diz desembargador João Rigo ao lançar programa sobre Justiça...

  • Divulgado Calendário de Correições da CGJUS/TO para 2020

  • Desembargador João Rigo lança Programa Justiça e Cidadania nesta sexta-feira (7/2), na escola...

  • Publicado edital para quem quiser ser de Padrinho Nota 10 de crianças e adolescentes em situação...

  • Judiciário tocantinense volta a atender de 8 às 11 e das 13 às 18 horas a partir desta segunda (3/2)

  • Inscrição de projeto:

As propostas podem ser de autoria individual ou coletiva e devem ser inseridas em um formulário inscrição, que contém requisitos mínimos, encaminhadas via SEI para a CGJUS

  • Pré-análise do projeto:

Nesse momento, as propostas serão estruturadas em projetos a fim de facilitar a implementação por outras unidades

  • Deliberação dos projetos inscritos:

A Comissão Avaliadora de Boas Práticas se reunirá trimestralmente, ou quando necessário, para aprovar os projetos inscritos como Boas Práticas;

  • Disponibilização dos projetos aprovados no BBP:

O BBP contemplará um acervo de Boas Práticas, que será divulgado no site da CGJUS e, eventualmente, em outros canais de comunicação, visando a divulgação e incentivo à adesão.

O BBP é um portal da CGJUS que agrega em um só local as melhores práticas já implementadas no Poder Judiciário tocantinense. Os projetos são estruturados por meio de uma metodologia clara, tendo a finalidade de disseminar as melhores ideias e se alcançar mais eficiência nas atividades prestadas.