Corregedoria-Geral da Justiça visita comarcas de Araguatins e Augustinópolis

1.JPG A Corregedoria-Geral da Justiça (CGJUS) segue percorrendo as comarcas do Tocantins para a realização de correições ordinárias e apresentação do projeto Corregedoria Cidadã. Nesta segunda-feira (25/9), as comarcas de Araguatins e Augustinópolis, região do Bico do Papagaio, foram contempladas.

Na Comarca de Araguatins, os trabalhos de correição foram abertos pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, que ressaltou os objetivos da visita e destacou a nova diretriz da CGJUS, que vem realizando correições mais preventivas e colaborativas. Durante a solenidade, o magistrado ainda fez questão de destacar o trabalho das gestões anteriores que estiveram à frente do órgão. “Tudo que já foi feito até hoje foi de grande importância para que a Corregedoria chegasse ao nível de excelência atual, mas precisamos buscar sempre a inovação como forma de evoluir ainda mais. Essa evolução nós estamos construindo na base do diálogo e da colaboração”, disse.

Os juízes auxiliares da Corregedoria, Océlio Nobre e Rosa Gazire Rossi, reiteraram a importância da correição preventiva no lugar de uma correição meramente punitiva. Para o juiz Océlio Nobre, responsável pelas serventias extrajudiciais, “com a prevenção ganha-se tempo, o trabalho do Fórum e dos Cartórios avança com mais fluência e o resultado final é que os usuários da Justiça recebem uma melhor prestação do serviço público”.

A juíza e diretora do foro da Comarca de Araguatins, Nely Alves da Cruz, considerou fundamental a presença do corregedor-geral e sua equipe como forma de prestigiar o trabalho dos magistrados e servidores. “Houve um tempo em que a palavra correição era motivo de preocupação, mas já há algum tempo a Corregedoria mudou esse sentido ao realizar correições com foco na solução de problemas. Hoje colhemos os frutos desse trabalho e podemos oferecer um serviço melhor para a sociedade”, afirmou a diretora.

Augustinópolis

No período da tarde, na Comarca de Augustinópolis, a reunião foi para a apresentação do projeto Corregedoria Cidadã, que completou a marca de 29 comarcas visitadas com o objetivo de promover o diálogo e a colaboração de magistrados e servidores com a CGJUS.

Em seu discurso, o juiz e diretor do foro, Jeferson David Azevedo Ramos, elogiou o trabalho da Corregedoria e ressaltou que a comarca de Augustinópolis é a terceira maior do estado em número de entrada de processos. “O trabalho que realizamos aqui em Augustinópolis não é apenas julgar processos. Nós sabemos da responsabilidade que temos na vida dos cidadãos desta Comarca, por isso amamos o que fazemos e vamos continuar dando o nosso melhor para levar a Justiça célere e eficaz que a sociedade merece”, disse.

Cronograma

A equipe da CGJUS segue apresentando o projeto Corregedoria Cidadã nas comarcas de Itaguatins (26/9); Axixá (26/9); Xambioá (27/9); Ananás (27/9), onde também haverá correição ordinária, e Tocantinópolis (28/9).

Abelson Ribeiro - Cecom/TJTO

Fotografia: Ednan Cavalcanti  - Esmat/TJTO