CGJUS realiza correição ordinária na comarca de Paraíso

     

Dando sequência ao calendário de correições gerais ordinárias, a Corregedoria Geral de Justiça (CGJUS) está em Paraíso do Tocantins para realizar os trabalhos de fiscalização e orientação na comarca que abrange o município sede e mais cinco cidades do entorno.  Esta é a 14ª correição do ano.

Nesta quarta-feira (03/10), durante solenidade de abertura dos trabalhos, a juíza auxiliar da CGJUS, Rosa Maria Garise Rossi, representou o corregedor-geral da Justiça, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, e conversou com os magistrados e servidores que compõem a comarca, representantes da Defensoria Pública, governo do Estado e OAB. Do Judiciário, participaram do evento o diretor do Fórum, juiz Adolfo Amaro Mendes; o juiz Ricardo Ferreira Leite, do Juizado especial Cível e Criminal; a juíza da Vara Criminal, Renata do Nascimento e Silva, o juiz da Vara de Família Infância e da Juventude, William Trigilio da Silva; e presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Tocantins (Asmeto), juíza Julianne Freire Marques.

A correição ordinária em Paraíso segue até o fim da tarde desta quarta-feira. A próxima comarca a receber a equipe da CGJUS será Ponte Alta, a partir do dia 08/10.

Sistema de Correições

O sistema de correições utilizado pela Corregedoria conta com uma fase virtual e outra presencial. A modalidade permite que os processos, em um primeiro momento, sejam analisados sem a necessidade de deslocamento até a comarca. Após a fase remota, que reduz o tempo de trabalho in loco, as visitas são realizadas para sanar eventuais dúvidas e avaliar estruturas físicas e mobiliárias dos órgãos.

As correições ordinárias acontecem periodicamente e buscam garantir a qualidade na prestação do serviço ao cidadão.

Comunicação/ TJTO