Desembargador João Rigo Guimarães inicia sua gestão à frente da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado do Tocantins

O Desembargador João Rigo Guimarães iniciou sua gestão à frente da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado do Tocantins (CGJUS/TO) para o biênio 2019/2021. A solenidade de posse ocorreu na sexta-feira passada (01/02), no auditório do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, ocasião na qual também foram empossados, o Desembargador Helvécio de Brito Maia Neto e a Desembargadora Ângela Maria Ribeiro Prudente, respectivamente como Presidente e Vice-presidente do Poder Judiciário tocantinense para o biênio 2019-2021.

O Desembargador João Rigo Guimarães será o sucessor do Desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, que atuou como Corregedor-Geral no biênio 2017/2019.

 

PERFIL - DESEMBARGADOR JOÃO RIGO GUIMARÃES - CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA

Corregedor-geral da Justiça, o Desembargador João Rigo Guimarães nasceu em Pirenópolis, Goiás, em 08/08/1950. Filho de João de Freitas Guimarães e Judith Rigo Guimarães. É casado com Maria das Neves Ribeiro da Costa Rigo Guimarães e tem três filhos, Guilherme Ribeiro da Costa Rigo Guimarães, Gustavo Ribeiro da Costa Rigo Guimarães e Surama Grazielle Ribeiro da Costa Rigo Guimarães. Cursou Direito pela Faculdade Católica de Goiás, formando-se em dezembro de 1979. Através do Decreto nº 2.138/89, de 22/09/1989, expedido pelo então Governador do Estado do Tocantins, foi nomeado Juiz de Direito Substituto, tomando posse em 29/09/1989. Na magistratura tocantinense iniciou respondendo pela 1ª Vara Cível da Comarca de Araguaína, no Juizado de Pequenas Causas. Foi titularizado em 30/10/1991, na Comarca de 1ª Entrância de Miranorte. Um ano depois foi promovido para a Comarca de 2ª Entrância de Taguatinga, seguindo ainda em 1992, no mês de dezembro, para a Comarca de 3ª Entrância de Paraíso do Tocantins, também por promoção. Em 19/05/1993 foi removido para a 1ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Araguaína, onde permaneceu até o ano de 2014, quando no mês de agosto, foi convocado para atuar no Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, na vaga deixada pelo desembargador Daniel Negry. No dia 16/04/2015 tomou posse efetivamente no cargo de desembargador, eleito pelo Corte do Tribunal de Justiça, seguindo critério de antiguidade. Na última gestão, ocupou o cargo de Vice-Corregedor da Justiça.